quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Dust in the Wind

Sábado e Domingo passados duas lendas da guitarra, Jeff Beck e Eric Clapton, se juntaram durante a turnê que Beck realizava no Japão. Suspiros…

Acabei de ler que o Kansas realizou dia 09 um show para comemorar seus 35 anos de estrada. O atual guitarrista do Deep Purple, Steve Morse, que já passou pelo Kansas participou do evento. A apresentação deve render um DVD que se chamará “There`s Know Place Like Home”. Eu quero, eu quero!!!!

Alguém tem uma  máquina do tempo e um teletransporte? :-P

 

Steve Morse – técnica e feeling incríveis!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Um Solo de Guitarra Inesquecível!

Acabei de abrir meu e-mail e fui agraciado com essa pérola mandada por uma amiga: Paul McCartney, Eric Clapton, Ringo Star e outras feras tocando um clássico dos Beatles. Enjoy!

video

Something

sábado, 14 de fevereiro de 2009

When the Jazzman`s testifying…

Em um dos episódios dos Simpsons (sou fã!) Lisa Simpson faz um dueto com o espírito do saxofonista Gengivas Sangrentas. Procurei esse vídeo para postar aqui, não achei mas… tcham, tcham, tcham, tchammmmmmm, tive a sorte de achar a mesma música do desenho cantada por Carole King em um vídeo-tributo aos monstros do Jazz.

Mais uma dose de emoção nesse blog… sirva-se!

Jazzman – Carole King

Lift me, won't you lift me above the old routine
Make it nice, play it clean, Jazzman
When the Jazzman's testifyin'
A faithless man believes
He can sing you into paradise
Or bring you to your knees
It's a gospel kind of feelin'
A touch of Georgia slide
A song of pure revival
And a style that's sanctified
Jazzman, take my blues away
Make my pain the same as yours
With every change you play
Jazzman, oh, Jazzman
When the Jazzman's signifyin'
And the band is windin' low
It's the late night side of morning
In the darkness of his soul
He can fill a room with sadness
As he fills his horn with tears
He can cry like a fallen angel
When risin' time is near
Jazzman, take my blues away
Make my pain the same as yours
With every change you play
Oh, lift me, won't you lift me with every turnaround
Play it sweetly, take me down, oh, Jazzman

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Figaro, Figaro…

Um amigo me pediu para colocar algum clássico do desenho animado no Blog. Não tive dúvida: o bom, velho, atual, irônico, engraçado, sarcástico, divertido e, conforme você poderá comprovar/recordar nesse vídeo, excelente cantor… o grande Pica-Pau. Minha geração foi agraciada com desenhos muito bons feitos sob músicas fantásticas. Viva!!!

Pica-Pau interpretando uma comédia clássica de Gioacchino Rossini.

A Flor de Chico

Flor da Idade – Chico Buarque de Holanda

A gente faz hora, faz fila na vila do meio dia
Pra ver Maria
A gente almoça e só se coça e se roça e só se vicia
A porta dela não tem tramela
A janela é sem gelosia
Nem desconfia
Ai, a primeira festa, a primeira fresta, o primeiro amor

Na hora certa, a casa aberta, o pijama aberto, a família
A armadilha
A mesa posta de peixe, deixe um cheirinho da sua filha
Ela vive parada no sucesso do rádio de pilha
Que maravilha
Ai, o primeiro copo, o primeiro corpo, o primeiro amor

Vê passar ela, como dança, balança, avança e recua
A gente sua
A roupa suja da cuja se lava no meio da rua
Despudorada, dada, a danada agrada andar seminua
E continua
Ai, a primeira dama, o primeiro drama, o primeiro amor

Carlos amava Dora que amava Lia que amava Léa que amava Paulo
Que amava Juca que amava Dora que amava

Carlos que amava Dora
Que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava Dito que amava Rita que amava
Carlos amava Dora que amava Pedro que amava tanto que amava
a filha que amava Carlos que amava Dora que amava toda a quadrilha

 

PS: Um gênio!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Playing For Change!

Uma colega me mostrou o vídeo abaixo. Parece que se trata de um movimento multimídia para conectar pessoas ao redor do mundo. Muito bom… vou procurar me informar mais sobre o assunto! É de tirar o chapéu… ;-)

Stand by Me – Paz através da música!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Lô Borges – E sonhos não envelhecem…

Minas Gerais é um lugar mágico! Pessoas fantásticas, uma paisagem exuberante, uma aula de história a céu aberto e, é lógico, berço de músicos espetaculares. Hoje este espaço é de um deles: Salomão Borges Filho. Um dos membros importantes do chamado Clube da Esquina, que revelou nomes como Milton Nascimento, Beto Guedes, Toninho Horta e Flávio Venturini, Lô Borges lançou ao lado de Milton Nascimento, aos 19 anos de idade, um disco ícone da música nacional brasileira: Clube da Esquina.

O disco “Clube da Esquina” contou com a participação de, entre outros, Eumir Deodato, Nana Caymmi, Wagner Tiso, Boca Livre, Gal Costa e Elis Regina! O disco possui uma riqueza poéticá de dar inveja!

Ouça “Clube da Esquina” e conheça Tirandentes-MG. Se possível, faça isso ao mesmo tempo. Eita trem bom, uai!

Lô Borges cantando “Clube da Esquina No. 2” e “Um Girassol da Cor de seu Cabelo” em 1984.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Trilogia Progressiva 3: Não foram as únicas, mas têm mais de 18 minutos de duração e inspiração!

Supper`s Ready – Genesis – álbum “Foxtrot” – 1972 – 23 minutos

“… Theres an angel standing in the sun, and hes crying with a loud voice,
This is the supper of the mighty one,
Lord of lords,
King of kings,
Has returned to lead his children home,
To take them to the new jerusalem.“

 

Echoes – Pink Floyd – álbum “Meddle” – 1971" – 23 minutos

“… And no-one sings me lullabies 
And no-one makes me close my eyes
And so I throw the windows wide
And call to you across the sky”

 

Close to the Edge – Yes – álbum “Close to the Edge” – 1972 – 18 minutos

“A seasoned witch could call you from the depths of your disgrace,
And rearrange your liver to the solid mental grace,
And achieve it all with music that came quickly from afar,
Then taste the fruit of man recorded losing all against the hour.
And assessing points to nowhere, leading evry single one.
A dewdrop can exalt us like the music of the sun,
And take away the plain in which we move,
And choose the course youre running…”