sexta-feira, 29 de agosto de 2014

O Sono das Águas


Há uma hora certa,
no meio da noite, uma hora morta,
em que a água dorme.
Todas as águas dormem:
no rio, na lagoa,
no açude, no brejão, nos olhos d’água,
nos grotões fundos
E quem ficar acordado,
na barranca, a noite inteira,
há de ouvir a cachoeira
parar a queda e o choro,
que a água foi dormir…

Águas claras, barrentas, sonolentas,
todas vão cochilar.
Dormem gotas, caudais, seivas das plantas,
fios brancos, torrentes.
O orvalho sonha
nas placas da folhagem
e adormece.
Até a água fervida,
nos copos de cabeceira dos agonizantes…

Mas nem todas dormem, nessa hora
de torpor líquido e inocente.
Muitos hão de estar vigiando,
e chorando, a noite toda,
porque a água dos olhos
nunca tem sono…

João Guimarães Rosa

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Turbulência

O vento experimenta
o que irá fazer
com sua liberdade...

João Guimarães Rosa

terça-feira, 26 de agosto de 2014

domingo, 24 de agosto de 2014

A introdução do South Park é hilária

Rush - "Tom Sawyer" Live

Ouvindo e gostando

Gandhi e Tolstoy



"Love is the only way to rescue humanity from all ills, and in it you too have the only method of saving your people from enslavement… Love, and forcible resistance to evil-doers, involve such a mutual contradiction as to destroy utterly the whole sense and meaning of the conception of love."

sábado, 23 de agosto de 2014

Novamente

Me disse vai embora, eu não fui
Você não dá valor ao que possui
Enquanto sofre, o coração intui
Que ao mesmo tempo que magoa o tempo
O tempo flui
E assim o sangue corre em cada veia
O vento brinca com os grãos de areia
Poetas cortejando a branca luz
E ao mesmo tempo que machuca o tempo me passeia
Quem sabe o que se dá em mim?
Quem sabe o que será de nós?
O tempo que antecipa o fim
Também desata os nós
Quem sabe soletrar adeus
Sem lágrimas, nenhuma dor
Os pássaros atrás do sol
As dunas de poeira
O céu de anil no pólo sul
A dinamite no paiol
Não há limite no anormal
É que nem sempre o amor
É tão azul
A música preenche sua falta
Motivo dessa solidão sem fim
Se alinham pontos negros de nós dois
E arriscam uma fuga contra o tempo
O tempo salta
Fred Martins e Alexandre Lemos

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Yolanda

Esta canção não é mais que mais uma canção
Quem dera fosse uma declaração de amor,
Romântica sem procurar a justa forma,
Do que me vem de forma assim tão caudalosa.
Te amo, te amo, eternamente te amo.

Se me faltares, nem por isso eu morro,
Se é pra morrer quero morrer contigo
Minha solidão se sente acompanhada
Por isso às vezes sei que necessito...
Teu colo, teu colo, eternamente teu colo.

Quando te vi eu bem que estava certo
De que me sentiria descoberto
A minha pele vais despindo aos poucos
Me abres o peito, quando me acumulas
De amores, de amores,
Eternamente de amores,

Se alguma vez me sinto derrotado,
Eu abro mão do sol de cada dia,
Rezando o credo que tu me ensinaste,
Olho teu rosto e digo a ventania
Yolanda, Yolanda, eternamente, Yolanda


Pablo Milanès

Belíssimo

Mercedes Sosa, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Gal Costa e Chico Buarque - "Volver a los 17"

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Versos Íntimos

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!

Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.

Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!

Augusto dos Anjos

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

domingo, 10 de agosto de 2014

Feliz Dia dos Pais

Impecável. Até pensei em escrever uma resenha desse show mas acho que seria uma lista enorme de adjetivos. PG mostra porque é um dos melhores e maiores músicos da história do rock. Sua performance é de tirar o chapéu. A banda é perfeita: só feras! Gabriel e Tony Levin tocam até bateria! O dia dos pais tá demais!
Peter Gabriel - "Rockpast live in 1978"

Walter White


sábado, 2 de agosto de 2014

Médico, rebelde e soldado

“Fui médico, rebelde e soldado [...] Como médico, conheci o valor místico do sofrimento; como rebelde, o valor da consciência; como soldado, o valor da proximidade da morte..."

João Guimarães Rosa, em entrevista a Günter Lorenz - "Dialogo com Guimarães Rosa"